O que é lifting facial? Saiba tudo sobre essa técnica!

lifting facial

Rugas, flacidez e outros sinais de idade? Todos esses problemas podem ser combatidos com o lifting facial. Há algum tempo conhecido como “plástica de rosto”, a técnica tem se modernizado, oferecendo um resultado bastante natural e duradouro.

O que é lifting facial?

O lifting facial é uma cirurgia plástica da face usada para rejuvenescimento, eliminando as rugas, a flacidez e o excesso de pele. Para isso, a técnica promove um levantamento do rosto, amenizando os vincos e resgatando o contorno facial.

Quando envelhecemos, além da flacidez, existe uma perda natural de gordura no rosto, o que nos deixa com um aspecto mais “cansado”. No lifting facial, o tecido e a musculatura é reposicionada, de modo a melhorar essa aparência.

Quais os tipos de lifting facial?

Dependendo dos problemas a serem corrigidos, o seu cirurgião plástico poderá lhe recomendar algum dos seguintes tipos de lifting facial:

Minilifting: é o termo usado para a cirurgia que está associada a cicatrizes menores, mas se utiliza da mesma técnica do lifting tradicional;

Lifting frontal: são tratadas as rugas da testa e também a musculatura responsável por “gerar” essas rugas. É como se fosse uma aplicação de botox, porém com resultados bem mais duradouros;

Lifting temporal: é designado para o levantamento da região temporal, o que resulta em um melhor posicionamento do supercílio. Como isso, tem-se um olhar mais jovem e descansado.

Lifting cervicofacial: cirurgia para tratar a área da face e do pescoço, devolvendo os tecidos para a sua posição original e retirando o excesso de pele dessas áreas, além de tratar a musculatura envolvida;

Lifting endoscópico: cirurgia realizada com a ajuda de um sistema óptico que permite a realização de incisões menores, mas sem limitar a extensão do deslocamento.

Para quem o lifting é indicado?

O lifting facial é indicado para pessoas que apresentam envelhecimento da face ou flacidez excessiva no rosto. Sendo que o procedimento é mais recomendado após os 40 anos e para quem apresenta:

  • Sulcos profundos
  • Flacidez da pele
  • Perda de tônus muscular
  • Ausência do contorno mandibular

Para quem o lifting facial não é indicado?

O procedimento é uma cirurgia e por isso pessoas que não estão saudáveis ou possuem alguma doença séria pré-existente e descontrolada, como hipertensão, cardiopatia ou diabetes não devem se submeter ao lifting facial.

Além disso, ele também não é recomendado para pessoas muito jovens e que apenas desejam ter um efeito preventivo, sendo, nesses casos, recomendado o uso de cosméticos, peeling e tratamento a laser – que são menos invasivos e irão ter um resultado melhor para esses pacientes.

Como o lifting facial é feito?

A cirurgia é realizada através de cortes que permitem ao cirurgião tracionar a pele e remodelar os tecidos localizados próximos a ela, de modo a reposicionar a musculatura da face.

A incisão pode ser feita pela frente ou por trás da orelha ou ainda no couro cabeludo (na região temporal e na parte inferior). Em casos que englobam o pescoço, também poderá ser realizada uma incisão no queixo.

Para uma boa recuperação, recomenda-se a drenagem linfática depois de 3 dias, sendo que os resultados finais apenas aparecem após 4 a 6 meses.

E, então, acha que o lifting facial é o mais indicado no seu caso? Deixe-nos um comentário.

#uniquecirurgiaplastica #clinicaunique #cirurgiaplastica #liftingfacial #saudeebemestar #clinicadointerior #mogimirim

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.