O que é endermologia e quais as indicações?

endermologia

Eliminar a celulite e a gordura localizada parece um sonho para você? Pois, saiba que com a endermologia isso é possível. Esse é um tratamento estético que promete melhorar a circulação, diminuir o inchaço e ainda moldar o corpo.

Quer saber mais sobre o que é endermologia e em quais casos esse tratamento é indicado? Continue a leitura desse texto e veja as informações importantes que trouxemos!

O que é endermologia?

A endermologia é um tratamento estético que consiste em uma massagem profunda que é conseguida a partir da associação de vácuo (ou pressão negativa) ─ que é gerado por uma bomba ─ e massagens que usam uma técnica conhecida como “palpação e rolamento”, feita com ventosas e cabeçotes específicos para esse fim.

A endermologia começou a ser praticada na França, entre as décadas de 1970 e 1980, com aparelhos sem a mesma tecnologia que temos hoje e desembarcou no Brasil há cerca de 20 anos. Atualmente já é possível encontrar muitos aparelhos modernos para realizar a técnica de maneira mais avançada e com resultados bem mais expressivos.

Como a endermologia funciona?

A endermologia age de modo a ativar o sistema linfático, drenando os líquidos através do uso do aparelho e estimulando os fibroblastos do tecido conjuntivo (localizados na camada mais profunda da pele), de modo a fazer com que aumente a produção de colágeno, trazendo um aspecto de mais firmeza à pele e combatendo a flacidez.

Além disso, a endermologia também age no tecido adiposo, quebrando algumas células de gordura, além de promover uma esfoliação da pele, eliminando as células mortas e devolvendo à pele o seu brilho natural.

Assim, é possível notar resultados na diminuição da gordura localizada e também melhora na aparência das celulites. Porém, para que o tratamento dê resultados é preciso seguir o plano proposto e geralmente é possível notar melhora após 10 ou 15 sessões.

Para quem a endermologia é indicada?

A endermologia possui muitas indicações, como:

  • Tratamento da celulite;
  • Diminuição da gordura localizada;
  • Tonificação da pele;
  • Após uma cirurgia plástica;
  • Remoção de cravos;
  • Atenuação de cicatrizes e rugas;
  • Cuidados com a pele antes de uma cirurgia plástica.

A endermologia possui contraindicações?

Sim. Como a técnica trabalha de modo a aumentar a circulação sanguínea, pessoas que possuem algumas doenças não podem se submeter ao tratamento, como nos casos de:

  • Trombose;
  • Doenças infecciosas e progressivas;
  • Câncer;
  • Problemas de coração;
  • Hepatite;
  • Diabetes;
  • Infecções agudas ou inflamações;
  • Problemas nos rins;
  • Problemas respiratórios;
  • Problemas circulatórios;
  • Presença de cicatrizes inelásticas na área a ser tratada;
  • Uso de marca-passo ou desfibrilador interno.

O que posso esperar da endermologia?

É claro que, cada caso depende do acompanhamento e da análise de um profissional da área de estética. Assim é possível que os resultados do seu tratamento com a endermologia possam ser mais leves ou definitivos.

Pessoas com celulites em graus mais avançados, como o grau 4, podem necessitar agregar outros tratamentos para poder ver resultados, como a subcisão, por exemplo.

Em casos mais leves, é possível ter resultados mais duradouros, porém tudo irá depender da associação com outros fatores como carga genética, alimentação desequilibrada, sedentarismo, uso de anticoncepcionais, tabagismo, reposição hormonal e outros.

Gostou de saber o que é endermologia? Se você ainda tem alguma dúvida sobre esse assunto, deixe-nos um comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.